I made this widget at MyFlashFetish.com.

28 de abril de 2012

Razões para amar


O amor faz bem à saúde. Conheça algumas razões para amar e ser amado


  Ah, o amor. A quantidade de poesias, músicas, livros, filmes e histórias sobre esse sentimento são incontáveis. Seja pelo parceiro romântico, filhos, pais ou amigos, o amor é um sentimento vital para todos. Mesmo inconscientemente, amar e ser amado melhora o humor, a vitalidade e ainda pode fazer um bem inimaginável para a mente e o corpo. Entenda a importância desse sentimento para a sua saúde e descubra ainda mais razões para amar. E ser amado, claro.
 Definir em palavras o amor é tão difícil quanto estudar, efetivamente, seus benefícios para a saúde. "O amor é o antídoto para o grande drama do ser humano, que é a morte. A pessoa que ama se apega a coisas boas, coisas agradáveis, ideais. Se o amor é recíproco, há uma troca de cuidado, de acolhimento. Ele significa, em última instância, vida. A contrapartida do amor, que seria a indiferença ou o ódio, comprovadamente traz grandes repercussões físicas. Perda de apetite, aumento da pressão arterial, contratura muscular, vômitos, diarreias. Mesmo se experimentado durante a infância, o desamor e o abandono trazem grandes consequências para a vida de muitas pessoas", diz Sergio.

Além das consequências psicológicas, o amor e o companheirismo são grandes aliados da nossa saúde. "Estudos comprovam que doentes graves que têm o estímulo e a companhia de um filho ou qualquer outra pessoa, podem até ter a vida prolongada. Um doente mental ou físico que tem a família presente leva grande vantagem na recuperação e resposta aos tratamentos. Pessoas que não têm amor têm o sistema imunológico mais fragilizado e estão mais sujeitos a doenças e infecções. Retribuir o amor recebido é um grande estímulo para a sobrevivência", completa o psicanalista.

Uma questão que Sergio coloca, também, é o reconhecimento do amor. Segundo ele, "há pessoas que sabem aproveitar o amor que recebem, e outras, não. É comum encontrarmos pessoas com uma incapacidade afetiva, que estão sujeitos às todas as consequências do desamor que já falamos. Quem tem uma possibilidade de amar, se dedicar a uma pessoa, amigo, par romântico, família, ou construir qualquer vínculo, se cuida mais, até para corresponder o amor que recebe do outro. Saber e sentir-se amado leva a pessoa a reconhecer o valor que tem. Ela, então, tem mais confiança para buscar coisas boas para si, que repercutem positivamente em sua saúde física e mental".



Cultivar as relações sociais é o primeiro passo para viver o amor. Seja com a família, cônjuge ou amigos, qualquer relação que tivermos pode ser amorosa e trazer grandes benefícios para a nossa saúde. Veja abaixo a lista que o psicanalista Sergio Cyrino preparou para ajudar você a aprimorar suas relações sociais e colher sentimentos de amor.





1. Faça o que gosta
Reserve bom tempo da sua vida para fazer o que você tem prazer. Nós temos a vida cercada de obrigações. O segredo da felicidade é buscar o prazer, que são aqueles momentos onde nos damos a liberdade de fazer aquilo que gostamos. Leitura, cinema, amigos, família, viagens.
2. Procure os amigos
Os amigos são pessoas essenciais para a nossa felicidade. Nunca perca o contato e nem deixe de ter amigos. Mas tenha certeza de que as pessoas que você considera amigos são aquelas que irão te trazer algo em troca. A coisa mais chata é pessoa que aluga o ouvido do outro para falar coisas que não interessam e não te colocam pra cima.
3. Ame antes a si mesmo

Gostar primeiro de si mesmo antes de investir nos outros é uma dica essencial e muito valiosa. O prazer de amar alguém é um desdobramento de amar a si mesmo. Amar é bom porque envolve nós mesmos, antes dos outros.
4. Dedique um tempo ao seu parceiro

Aproveitar o amor tipo casal também é muito válido. Não devemos ver a pessoa como um todo. Elas têm pedaços e devemos procurar os melhores. A receita de aproveitar o amor seria isso, reservar tempo para fazer algo que ambos gostem bastante. Quando gostamos do outro, ficamos felizes de ver ele que está satisfeito.




Nenhum comentário:

Postar um comentário